O ambiente de negócios do mercado brasileiro de transporte aéreo é desafiador: a regulamentação desalinhada com padrões internacionais, as complexidades de infraestrutura e a desvalorização da moeda local oneram excessivamente o custo de voar no Brasil, o que é refletido no resultado financeiro das companhias aéreas brasileiras.

Recentemente, o mercado foi completamente aberto ao capital estrangeiro com a esperança de atrair novos investidores e aumentar a competição. Infelizmente isso não irá acontecer sem que sejam realizadas outras mudanças estruturais que desonerem e flexibilizem o setor aéreo brasileiro.

Insights Relacionados